Por que é importante participar do ICOM 2013?

Postado em Atualizado em

Reproduzimos abaixo carta divulgada pelo Conselho Federal de Museologia, com a qual concordamos plenamente.

O maior e mais abrangente encontro na área de museus do mundo ocorrerá no Rio de Janeiro este ano. É uma oportunidade única para museólogos e estudantes de Museologia partilharem suas opiniões e vivências com colegas dos cinco continentes.

Eventos dessa magnitude abrem sempre caminho para que se façam novos contatos, parcerias e amizades.

Museólogo, participe do ICOM 2013!

Por que é importante participar do ICOM 2013?

O Rio de Janeiro foi escolhido para sediar, no período de 10 a 17 de agosto de 2013, a 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus (ICOM). Numa disputa acirrada, concorremos em 2009 com as cidades de Milão e Moscou. E vencemos! Nossa vitória foi referendada na Assembleia de Xangai em 2010, cuja inscrição foi muito mais cara e esta será a edição mais barata da Conferência, exatamente esperando atrair brasileiros e latino-americanos.
O Comitê Brasileiro do ICOM aliou-se a diversas instituições nacionais e às três esferas de governo para podermos fazer um evento inesquecível e que se torne um marco na museologia internacional.

Entretanto, precisamos entender a dinâmica do ICOM: assim como a FIFA, o evento não é brasileiro, é internacional. E como nos oferecemos para sediar a Conferência, temos que cumprir as determinações exigidas. É assim em todos os países que sediam o evento.

Mas o ICOM Brasil conhece a realidade brasileira e, após muitas idas e vindas e negociações intermináveis, conseguiu grandes vitórias para os brasileiros, que foram estendidas a todos:

Pela primeira vez na história do ICOM, a Conferência será aberta a pessoas que não são membros do ICOM e os estudantes terão 50% de desconto no valor da inscrição. Nunca, nas 22 edições anteriores, o evento foi aberto desta maneira.

Outra conquista importante: sediar o evento na Cidade das Artes, o mais novo espaço cultural da cidade do Rio de Janeiro. Algumas pessoas podem achar que o lugar é longe, mas foi o único disponível e não tivemos recursos para pagar US$1.000.000,00 de aluguel de hotéis e centros de convenções!

Vale ressaltar que toda a alimentação dos participantes durante o evento está contemplada na inscrição e será oferecida na Cidade das Artes. E teremos uma grande festa de abertura e um concerto no Theatro Municipal. Contaremos ainda com infraestrutura para dar acessibilidade aos locais do evento, ou seja, transporte no circuito dos hotéis. Teremos ainda tradução simultânea em quatro idiomas durante os três principais dias do evento. A Conferência irá minimizar ao máximo seu impacto ambiental, apresentando consciência na utilização de recursos.

Participar da 23ª Conferência Geral do ICOM é uma oportunidade única para conhecermos profissionais de museus que atuam em diferentes áreas, conhecer suas experiências e abrir portas para um intercâmbio contínuo e inovador com vários países e museus internacionais.

Já temos inscritos de mais de 100 países e de todos os comitês internacionais do ICOM, o que garante aos participantes o contato com profissionais de todas as áreas e todas as formações e experiências. As secretarias de Cultura do Rio (estado e prefeitura) estão organizando sistema de bolsas para os museus. Informe-se!

NÃO PERCA ESTE MOMENTO ÚNICO.

A 23ª CONFERÊNCIA GERAL DO ICOM ACOLHERÁ A TODOS!

Telma Lasmar
Presidente do Conselho Federal de Museologia

Anúncios