Nota de falecimento

Postado em Atualizado em

É com grande pesar que o COREM 2a. Região comunica o falecimento de Dona Ecyla (Ecyla Castanheira Brandão), ocorrido hoje.

Abaixo, reproduzimos a nota de falecimento enviada nesta data pela ASCOM:

ECYLA CASTANHEIRA BRANDÃO

Lamentamos informar o falecimento de nossa queridíssima Dona Ecyla ocorrido hoje.

Tão logo tenhamos noticias do sepultamento entraremos em contato

ECYLA CASTANHEIRA BRANDÃO

Graduada em Museologia pelo Curso do Museu Histórico Nacional e com especialização em História da Arte pela Fundação Calouste Gulbenkian, Ecyla Castanheira Brandão destaca-se pela sua relevante contribuição à museologia nacional.

Professora Adjunta de História da Arte da Escola de Belas Artes da UFRJ (1959-1985) e professora responsável oela Cadeira de História da Pinta e da Gravura no Curso de Museus (‘964-1973), entre outras atividades acadêmicas, Ecyla Brandão foi responsável por vários setores dos Museus Histórico Nacional, Nacional de Belas Artes e da República, entre 1964 e 1982.

Foi Coordenadora Substituta do Programa Nacional de Museus/Fundação Nacional Pró-Memória (1982-1985); Diretora Adjunta do Museu Nacional de Belas Artes (1985-1990) e Diretora do Museu Histórico Nacional (1990-1994).

À frente do Museu Histórico Nacional, empreendeu ações para a valorização do acervo, através de ações de pesquisa, restauração e exposição, destacando-se a restauração da monumental obra de Vitor Meireles – “O Combate Naval do Riachuelo” e a abertura de significativas exposições de longa duração como “Memória do Estado Imperial” e “No Tempo das Carruagens” e temporárias, tais como “Vitrines do Passado”. Na sua gestão, o Museu Histórico Nacional teve papel importante na ECO 92, abrigando a abrigando a exposição internacional “Mestres do Ártico” .

Recentemente fez ao IBRAM a doação de seus livros de museologia.

Anúncios