Veja os perfis dos candidatos a Conselheiros do COREM 2R e COFEM nestas eleições, para mandatos de 2016 a 2018.

Postado em Atualizado em

Para o COFEM:

 

Heloisa Helena Queiroz  (0726-1)

Museóloga pela Universidade Federal do Estado do Rio (UNIRIO), com Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Estadual do Rio (UERJ) e especialização em História da Arte Sacra (Faculdade São Bento). Gerente de Museus da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro coordena projetos culturais, como exposições e práticas ligadas a gestão de acervos, nos campos da preservação, da pesquisa, da comunicação e programas educativos relacionados a história, cultura, território e patrimônio.

Foi diretora do Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro e do Ecomuseu do Quarteirão Cultural do Matadouro de Santa Cruz, ambos equipamentos públicos municipais.

É membro do Comite Intemacional de Educação e Ação Cultural (CECA) do Conselho Internacional de Museus (ICOM).

É conselheira do COREM 2ª Região atuando na Comissão de Ética, Registro e Fiscalização.

 

Márcia Silveira Bibiani (0263- I)

Museóloga, formada no Museu Histórico Nacional, em 1969, especialização em Museus de História, registro 0263-I do Conselho Regional de Museologia 2ª Região (RJ, MG, ES) – atual Presidente. Membro do Costume Committee do Conselho Internacional de Museus.

Carreira profissional centrada na gestão museológica na área privada e principalmente na Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, atuando no planejamento e na elaboração de projetos estruturantes e técnicos – diretora do Museu do Ingá, Coordenadora Chefe e depois Diretora Geral dos Museus (FUNARJ), Superintendente de Museus (SEC), Assessora de Projetos Especiais no Gabinete da Secretaria. Atualmente diretora da Casa da Marquesa de Santos – Museu da Moda Brasileira.

 

 

Para o COREM 2ª Região:

 

Ingrid Fiorante (0869I)

Bacharel em Museologia – 2010 – pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO e 2º grau Técnico em Turismo CEFET – PE 2001. Experiência profissional: SEC – Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro / Superintendência de Museus – Assessora da Coordenação de Museologia – desde maio / 2015.  SEC – Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro / CERNE SISTEMAS Coordenação técnica do projeto de Documentação Museológica nos Museus do Estado. Período: Julho de 2013 a novembro de 2014.  FMIS Fundação Museu da Imagem e do Som/RJ / CERNE SISTEMAS: Coordenação técnica e gestão da equipe do projeto de catalogação do acervo sonoro (discos) FMIS. Janeiro a agosto de 2012 / 2013 / 2014; Projeto de catalogação do acervo iconográfico (fotografia, desenhos e cartazes) FMIS. Abril a dezembro de 2013.  CERNE SISTEMAS – Gestão de Recursos Humanos e organização da documentação administrativa. Coordenação técnica de projetos na área de documentação. Dez. de 2012 a dezembro de 2014.

 

Luana da Conceição Martins (1010-I)

Museóloga, graduada pelo Curso de Museologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, em 2014.  Atualmente, mestranda em Museologia e Patrimônio do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio, UNIRIO / MAST, turma de 2015. Entre agosto de 2012 e janeiro de 2014, atuou no Projeto “Museus e Museologia: Questões e Aplicações Sobre Preservação de Bens Culturais” (Núcleo de Memória da Museologia no Brasil – NUMMUS / UNIRIO), como Bolsista de Iniciação Científica, sob a orientação do Prof. Dr. Ivan Coelho de Sá.  Durante a graduação atuou como estagiária no Núcleo de Preservação e Conservação de Bens Culturais NUPRECON VIOLETA CHENIAUX, entre 2010 e 2014. Entre janeiro e abril de 2012, trabalhou na reorganização do acervo do Núcleo de Memória da Museologia no Brasil – NUMMUS/UNIRIO. Entre abril e julho de 2012, auxiliou na elaboração de material de pesquisa do Núcleo de Memória da Museologia no Brasil – NUMMUS/UNIRIO. Dentro do mesmo Núcleo, trabalhou como voluntária no ano de 2012, no projeto de extensão comemorativo dos 80 anos da Escola de Museologia/UNIRIO. Como museóloga, trabalhou para o Museu de Arte do Rio – MAR atuando no serviço de inventário do acervo museológico da instituição. Atuou ainda na realização de laudos técnicos na desmontagem da exposição Arte e Sociedade e na montagem da exposição Zona de Poesia Árida, ambas no Museu de Arte do Rio – MAR, em janeiro de 2015.

 

Maria Helena Cardoso de Oliveira (0492-I)

Bacharel em Museologia pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-RIO), com licenciatura em História pela Universidade Candido Mendes: Pós – Graduação “Lato Sensu”.  Coordenou o Núcleo de Museologia do Oi Futuro nas atividades da Reserva Técnica; Programa Educativo e Exposição Museológica. Dentre algumas atividades desenvolvidas nesta instituição estão às articulações do aporte dado a 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus /ICOM, realizado no Rio de Janeiro em 2013, assim como o desenvolvimento das ações do Museu das Telecomunicações apresentadas nesta Conferência; à implementação do Projeto Acessibilidades e Diversidade e criação do Eixo Temático Acessibilidades; Realização do 1º Seminário do Oi Futuro de Mediação em Museus: Arte e Tecnologia; Implementação da ferramenta de documentação e gestão dos museus da Superintendência de Museus da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro – SISGAM e Realização da parceria com a Rede Web de Museus, dentro do Projeto Musa/ Clube da Cultura/Superintendência de Museus da SEC.

 

Ranielle Menezes de Figueiredo (0948-I)

Mestranda pelo programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/ Museu de Astronomia e Ciências Afins -PPG-PMUS UNIRIO/MAST. Possui Graduação em Museologia pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) com período sanduíche na Universidade do Porto- Portugal. Atualmente é educadora do Museu do Amanhã. Foi estagiária do Ecomuseu da Serra de Ouro Preto e do Laboratório de Conservação e Restauração do Departamento de Museologia – DEMUL/UFOP. Atuou ainda, como Secretária Executiva do Sistema de Museus de Ouro Preto e como Bolsista do Programa integrado de extensão para o ensino e a divulgação da ciência – PRO CIÊNCIA, do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP, sendo um dos idealizadores do Setor Educativo da instituição.

 

Vivian Fava Paternot (0749-I )

 Museóloga formada em 2005 pela Uni-Rio com especialização latu sensu em Figurino e Carnaval na Universidade Veiga de Almeida. Membro do Costume Committee – ICOM. Especializou em conservação e documentação de acervos têxteis e de indumentária, atuando como assistente de conservação das restauradoras Luciana da Silveira e Helena Cardoso; trabalhou como conservadora no Museu Carmen Miranda/FUNARJ/SEC-RJ e na TV Globo, acervo de figurino. Atualmente trabalha como coordenadora técnica e museóloga conservadora do Museu Carmen Miranda/FUNARJ/SEC-RJ. Atua em Cargo Eletivo (2013-2015) como Tesoureira do Conselho Regional de Museologio – 2ª Região. Estagiou na Casa de Cultura Laura Alvim, Superintendência de Museus – SEC-RJ, Museu Carmen Miranda, Casa de Casimiro de Abreu, Museu da Cidade e Museu dos Teatros. Durante a pós- graduação, fez estágio com a figurinista Maribel Espinoza em pesquisa de figurinos de época. Como museóloga atuou nas seguintes instituições: Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR), Casa da Marquesa de Santos/ Museu da Moda Brasileira, Museu Naval, Fundação Getúlio Vargas no projeto Memória da Casa da Moeda do Brasil, Museu da Imagem e do Som (FMIS) e Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Como pesquisadora, atuou na DIEESE. Ministrou palestra no SESC-Tijuca sobre “Carmen Miranda e seu legado na moda atual”. Publicou artigo na revista eletrônica Revista e Movimento da Universidade Veiga de Almeida com o tema “As origens do Carnaval”.

Anúncios